Implante de carga imediata não é para todos
Categoria: Implantodontia

O implante de carga imediata é um procedimento no qual a coroa do implante é colocada imediatamente após a cirurgia para fixação do pino, ou em até 72 horas depois deste primeiro procedimento. Muitas pessoas chegam ao consultório e querem este tipo de procedimento, porém nem todas as pessoas estão aptas para este tipo de procedimento.
Antes de qualquer coisa o dentista vai avaliar a capacidade óssea da boca do paciente e aí acontece a proibição do implante com carga imediata. Pessoas que perderam o dente a muito tempo, usuários de dentaduras  fumantes, portadores de osteoporose, diabetes e bruxismo são candidatos a reabsorção óssea. Ou seja, a quantidade de osso na boca é insuficiente para que o implante (de carga imediata ou não) seja realizado.
Outro ponto que deve ser observado é a intensidade e força da mastigação na área onde o implante deverá ser colocado. Em áreas onde o esforço mastigatório é maior, a indicação da carga imediata é feita com mais cautela.
Para quem deseja ter um sorriso confortável, seguro e bonito o recomendado é seguir as orientações do dentista e entender os riscos que corre ao optar pelo implante de carga imediata, bem como se o procedimento não puder ser feito. Quem não tem muita pressa no implante pode optar pela maneira tradicional e esperar alguns meses até a fixação óssea do pino.