ENDODONTIA
Tratamentos




A ENDODONTIA

Endodontia é a especialidade da odontologia que trata da prevenção, diagnóstico e cura das doenças da polpa dental.
A polpa dental é o tecido localizado no interior da cavidade do dente e é composta pela câmara pulpar e pelo canal radicular.
O tratamento endodôntico é popularmente conhecido como “tratamento de canal”.

 

 

A CAUSA

A cárie é a causa mais comum da inflamação pulpar. Dentre outras causas e fatores que podem levar a realização do tratamento endodôntico, podemos citar os traumatismos dentários, inflamação da polpa proveniente de infecção da doença periodontal, necessidade protética, abrasões dentarias, entre outras.


 
OS SINTOMAS MAIS CARACTERÍSTICOS

Dor espontânea de forma latejante e que aumenta com o calor. Nesse caso, a polpa ainda está viva, porém inflamada, e o uso de analgésicos não resolve. Já quando há morte da polpa e formação de abcesso (acúmulo de pus), geralmente a dor é bem localizada e há dor ao mastigar. Além disso, ao abaixar a cabeça, tem-se a sensação de que o dente “pesa”.


 
O TRATAMENTO

Quando a polpa dentária encontra-se inflamada irreversivelmente, infectada ou necrosada, é necessário realizar o tratamento endodôntico.

O tratamento endodôntico consiste na remoção da polpa dental doente, modelagem do canal e obturação do espaço antes ocupado pela polpa.

Após o tratamento endodôntico concluído, o dente necessitará de uma restauração ou prótese para voltar a sua forma e funções normais. É muito importante o controle radiográfico, que deve ser feito seis meses após o término da endodontia, para avaliar o sucesso do tratamento.
 



DÚVIDAS MAIS FREQUENTES

  • É um tratamento doloroso?
    Com o uso da anestesia, o tratamento é indolor e, as vezes, nos casos  de polpa mortificada, NE é preciso anestesiar.

  • Sempre que se faz um tratamento endodôntico, o dente escurece?
    O escurecimento acentuado só acontece quando o dente sofre uma hemorragia ou mortificação pulpar antes do tratamento.

 

  • O que poderá ocorrer se o tratamento endodôntico não for realizado?
    Poderá se desenvolver uma lesão na região apical ( infecção na raiz e nos tecidos vizinhos), que poderá ter conseqüências mais sérias, como dor intensa, inchaço, febre e bacteriemia (bactérias na corrente sanguinea). A solução, nesses casos, poderá envolver a extração do dente.
     



CARO PACIENTE

Um sorriso bonito e saudável é reflexo de uma vida cheia de saúde. Foi pensando em seu sorriso que desenvolvemos este guia.
Nele você encontrará, de forma simples e direta, informações sobre a Endodontia e sobre o tratamento endodôntico, popularmente conhecido como “tratamento de canal”.
Voce também poderá contar conosco para esclarecer suas dúvidas, afinal, nossa maior alegria é ver você sempre sorrindo!
Um abraço
Dr. Fabio Resende Paes

 



A PREVENÇÃO

  • A prevenção é muito fácil!

  • Para evitar as doenças da polpa dental, siga as nossas orientações:

  • Faça a higienização bucal adequadamente após todas as refeições.

  • É muito importante o uso correto do fio/fita dental.

  • Tenha uma alimentação balanceada.

  • Faça visitas regulares ao dentista.

  • Evite o consumo de alimentos e bebidas açucaradas, principalmente entre as refeições. Ao ingeri-los, escove bem os dentes.

  • Troque a sua escova toda vez que as cerdas perderem o formato original.